Jo 1,39

"Vinde e vede"."

Mc 16,15

"Ide pelo mundo e pregai a Boa Nova a toda criatura...."."

Comboni

"Se eu tivesse mil vidas, as daria todas para a missão..."."

Comboni

"O primeiro amor da minha juventude foi para a África"

Papa Francisco

"A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus"

GERADORAS DE VIDA, E VIDA EM ABUNDÂNCIA


Por Ir. Nilma do Carmo de Jesus

“Eu vim para que todos tenham vida, e vida em abundância” (Jo 10,10)

Partilhamos com vocês a história de Maria de Lourdes Barcelos Bezerra, apelidada de FORTALEZA.  Uma mulher com experiência familiar riquíssima, filha de agricultores semianalfabetos, mas repletos de valores humanos e cristãos.
Apesar de todos os desafios que a vida interiorana comporta, Fortaleza transformou-os em conquistas. Graduou-se em Educação, em Psicanálise Clínica e fez pós-graduação em Gestão Escolar e em Psicanálise e Inteligência Multifocal.
Fortaleza, convencida de que, para gerar vida, é preciso investir na educação, na luta pela justiça e políticas públicas, não mediu esforços e energias no campo educacional. Atuou como alfabetizadora e orientadora educacional na Rede Pública Estadual, e também fez parte da equipe de coordenação de implantação da Educação Indígena no município de Aracruz – ES, a partir do processo desencadeado pela mobilização, articulação e organização das lideranças Tupinikim e Guarani, Pastoral Indigenista e do Núcleo Interestadual de Saúde Indígena – NISI.  Acreditando que a organização sindical tem um importante papel formador, foi membro da direção do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Espírito Santo – SINDIUPES. Atualmente, trabalha como vereadora na Câmara Municipal de João Neiva- ES.
Fortaleza nos disse: “Como mulher, tenho determinação e não me deixo abater pelos obstáculos do dia-a-dia. Assim como tantas outras mulheres, tenho fibra, coragem, vontades, sonhos, esperanças e capacidade para lutar por uma sociedade mais justa”.
Esta frase de Fortaleza evoca outras experiências, outras mulheres, igualmente protagonistas de vida. Em 2011, o mundo pôde admirar e festejar a luta e determinação de outras três mulheres que marcaram a história: A presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, a militante Leymah Gbowee, também liberiana, e a jornalista e ativista iemenita Tawakkul Karman  foram laureadas com o Prêmio Nobel da Paz de 2011. O prêmio foi concedido a elas por "sua luta não violenta pela segurança e pelos direitos das mulheres na participação do processo da construção da paz".
Maria de Lourdes Barcelos Bezerra, Tawakkul Karman, Ellen Johnson Sirleaf e Leymah Gbowee são exemplos de vida que nos incentivam a superar os desafios cotidianos e fazer a diferença na construção de um mundo mais solidário e justo. Estas mulheres são pastoras que geram vida, e vida em abundância, sensíveis e atentas às necessidades e direitos de todas as pessoas.

0 comentários
 

Ir. Geny Maria da Silva

Av. Satrunino Rangel Mauro, 310 - Bairro Jardim da Penha

CEP 29060-770 – Vitória – ES

Fone: (27) 3227 – 0429

E-mail: vocacionadas@gmail.com