Jo 1,39

"Vinde e vede"."

Mc 16,15

"Ide pelo mundo e pregai a Boa Nova a toda criatura...."."

Comboni

"Se eu tivesse mil vidas, as daria todas para a missão..."."

Comboni

"O primeiro amor da minha juventude foi para a África"

Papa Francisco

"A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus"

"COPA DO MUNDO NO BRASIL, ACABAR COM O TRÁFICO"





Immagine pagina

Didascalia immagine
TiotoloCorrelati
ArticoliCorrelati

Contenuto Artic“Jogue a favor da vida, denuncia o tráfico de pessoas", o título da Campanha lançada pela  Talitha Kum, constituída da União Internacional de Superiores Gerais, inicialmente como um projeto de "Religiosas contra o tráfico de pessoas" e em seguida, 2009, como uma rede internacional da vida consagrada contra o tráfico de pessoas.

“Em sintonia” com Papa Francisco, que interveio várias vezes sobre o tráfico definindo "a escravidão mais extensa neste século", os religiosos e religiosas "comprometidos na sua missão em meio à todas as formas de pobreza, sentem de perto, a humilhação, o sofrimento, tratamento inumano e degradante infligido à mulheres, homens e crianças" e se sentem interpelados a combater esta "escravidão moderna, assegurou o cardeal Braz d'Aviz.

Ao falar da atividade da rede nestes cinco anos, a coordenadora, ir. Estrella Castalone, explicando que Talitha Kum "se compromete a tecer juntos os vários recursos da vida religiosa com outros setores da sociedade em uma rede que visa  dar vida e esperança às pessoas envolvidas no tráfico"
(... )
A copa do Mundo no Brasil envolverá 12 capitais, famosas no mundo por ser meta de turismo sexual. Sublinhou ir. Gabriella Bottani, membro da coordenação da rede "Um grito pela vida", que no Brasil promove com "Talitha Kum" e com a Conferencia dos Bispos do Brasil a campanha "Jogue a favor da vida". Denuncia o tráfico de pessoas". O Brasil recordou a religiosa, " é um país de origem, transito e destinação das pessoas vítimas do tráfico", que envolve sobretudo jovens, originárias de famílias pobres, com baixo escolar. "No contexto latino-americano e caraibano - prosseguiu a religiosa - o Brasil é um País com uma alta porcentagem de turismo sexual e isto incide significativamente sobre o fenômeno de exploração da prostituição, sobretudo com menores, e muitas vezes abre as portas ao tráfico interno e internacional". A mensagem da campanha, neste contexto, quer ser "uma proposta concreta, positiva, de vida", partindo de uma constatação: "os riscos do tráfico para abuso sexual e trabalho se incrementam em relações aos grandes eventos, como foi durante a Copa na Alemanha e na África do Sul, onde teve respectivamente um aumento de 30 a 40%".

“Durante todo este tempo de preparação ao grande evento da Copa do Mundo - segundo Sr. Gabriella Bottani - observamos que as ameaças e as oportunidades jogam nesse campo: de um lado as possibilidades de um maior ganho e esperança para melhorar as condições de vida, de outro um aumento de situações de degradação social e ameaças à vida e aos direitos fundamentais". O objetivo da campanha é, então, fazer que a Copa se torne "um espaço positivo e propositivo, para promover uma cultura dos direitos e da vida, denunciando todas as formas de abuso, que a desvalorizam e comercializam". Concretamente, a campanha utiliza os meios de comunicação "para informar e sensibilizar a população sobre possíveis riscos e sobre como intervir para denunciar  eventuais casos". O material está disponível no blog da Rede “Um Grito pela  Vida” e todas as ações da campanha estão divulgadas na página do Facebook relativa: www.facebook.com/jogueafavordavida. Muitas iniciativas de sensibilização já organizadas pela rede nas 12 capitais brasileiras que acolherão os jogos da copa do mundo. Também a Europa está se mobilizando. 
Extraído do Jornal "Avvenire". Tradução: Ir. Nilma do Carmo de Jesus


0 comentários

UM CHUTE AO TRÁFICO



«joga a favor da vida, denuncia o tráfico»: é o slogan da campanha organizada em ocasião da Copa do mundo, contra o horrível crime que envolve pelo menos vinte e um milhões de pessoas.  
Na manhã de terça-feira, 20 de maio, na sala de imprensa da Santa Sé foi apresentada a iniciativa promovida por  Talitha Kum, uma Rede Internacional da vida consagrada contra o tráfico de pessoas, em colaboração com a rede local "Um grito pela vida", que faz referencia à Conferencia dos Religiosos do Brasil (CRB). Motivando o apoio dado ao projeto pela Congregação para os Institutos de Vida consagrada e as sociedades de vida apostólica, o cardeal presidente João Braz de Aviz, explicou que "os religiosos e as religiosas estão comprometidos na sua missão em meio à todas as formas de pobreza e sentem de perto, a humilhação, o sofrimento, o tratamento inumano e degradante infligido à mulheres, homens e crianças desta escravidão moderna. Se sentem interpelados e por isso a vida consagrada se faz uma com o Papa nos gestos do Bom Samaritano para curar as feridas da humanidade a fim de levar o amor redentor de Deus e esperança de uma nova vida". 
Extraído do Osservatore Romano, tradução: Ir. Nilma do Carmo de Jesus 


0 comentários

Joguemos a favor da Vida



Várias entidades, igrejas e movimentos sociais se uniram numa caminhada na praia de Camburi, em Vitória, ES, em 18 de maio, lembrado como dia nacional  de  combate  ao  abuso  e  exploração  sexual  de  crianças  e adolescentes. Esta iniciativa teve como objetivo  informar  e mobilizar a sociedade    para  afrontar esta problemática que atinge tantas  crianças e adolescentes no nosso país.  E estamos aproximando da copa do mundo,sabemos que o tráfico para fins de   exploração sexual se intensifica em eventos   desta magnitude.   Por isto, nesta copa de 2014 em nosso país, a bola está com cada um de nós:  “  Joguemos  a  favor  da  vida”.  Protejamos  nossas  crianças  e adolescentes contra  qualquer tipo de violência sexual discando o número100 dos direitos humanos. Como sempre as irmãs missionárias combonianas se solidarizaram com esta causa participando da caminhada a favor da VIDA

0 comentários

O BOM PASTOR


Numa feliz coincidência celebramos neste 2º domingo de maio, dedicado às mães, o dia do Bom Pastor.
Por que feliz coincidência? Quem mais se assemelha ao modo de amar de Deus senão as mães?  Este amor de Deus foi-nos manifestado em Jesus Cristo que se revela com um coração de Bom Pastor.
  A mãe ama assim, como o Bom Pastor que dá sua vida para que outros a tenham em abundância. É um amor aberto a todos, sem distinção, mas com uma predileção pelo último, pelo pequeno e mais fragilizado, pelo doente... A estes ela redobra seus cuidados maternais. Não é assim?
  Deus mesmo se revelando seu amor, para nos fazer compreendê-lo melhor, o compara com o amor de mãe. “Sereis amamentados, carregados ao colo e acariciados sobre os joelhos. Como uma mãe que acaricia o filho, assim eu vos consolarei” Is 66,10-14
  Neste domingo somos convidados a rezar pelas vocações.  Cada um tem uma vocação específica, mas todos nós somos chamados a viver no Amor. Eis em que consiste esta vocação única e universal: é ter um coração de bom/boa pastor/pastora, para debruçar sobre as situações e pessoas que necessitam de uma presença materna, que se  doa sem reservas e gratuitamente.
Grávida, a VIDA é ávida de paz, justiça e fraternidade
  São Daniel Comboni foi de uma intuição surpreendente quando ao fundar nossa Congregação nos denominou: “Pie Madri della Nigrizia”.  Este  nome   é realmente um programa de vida, um chamado que Deus faz a mulheres às quais dotou de sensibilidade e capacidades próprias que as tornam aptas a serem “Piedosas mães da Nigrizia”.
Tendo em vista o ideal da comboniana que é a conformação a Cristo, é próprio do carisma recebido, por graça e vocação, a contemplação do coração transpassado de Cristo, o Bom Pastor que dá a vida  em abundância a toda humanidade, em particular, aos mais pobres e abandonados.
Assim, fixando nossos olhos Nele podemos “dar rosto à maternidade de Deus”, gerando e promovendo a vida através da consagração à missão.

 Às jovens que estão discernindo a sua vocação, lembramos a mensagem do Papa para o 51º dia mundial de oração pelas vocações:“... Nenhuma vocação nasce por si, nem vive para si. A vocação brota do coração de Deus e germina na terra boa do povo fiel, na experiência do amor fraterno ..."
Fica o convite para você jovem para nos conhecer melhor. Contate-nos !!



0 comentários
 

Ir. Geny Maria da Silva

Av. Satrunino Rangel Mauro, 310 - Bairro Jardim da Penha

CEP 29060-770 – Vitória – ES

Fone: (27) 3227 – 0429

E-mail: vocacionadas@gmail.com